Conheça os novos planos da SevenNet

Conheça os novos planos da SevenNet

NET CONTROL INFORMÁTICA

NET CONTROL INFORMÁTICA

REVELE SUAS FOTOS SEM SAIR DE CASA

REVELE SUAS FOTOS SEM SAIR DE CASA

Anuncie aqui

Anuncie aqui

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Detentos fazem rebelião por não aceitar restrições de visitas na Vereda Grande


A rebelião ocorrida na manhã desta quinta-feira (21) na Penitenciária Gonçalo de Castro Lima, na localidade Vereda Grande, zona rural de Floriano, aconteceu segundo o diretor da unidade, o cabo João Luís Ferreira, porque não os internos aceitaram as restrições de visitas devido à greve dos agentes penitenciários do Piauí. 

O diretor destacou que muitas celas foram depredadas. Em um dos vídeos gravados no local é possível ver diversos presos atirando pedras contra o prédio e os agentes. 



“Esse motim começou por volta das 10 horas. Na confusão alguns presos ficaram feridos. Um policial militar se feriu no braço, mas graças a Deus ele está bem. Os feridos começaram a quebradeira porque os agentes não permitiram a entraram de item na visita, umas sacolas. Posso dizer que se não tivesse a greve, esse item entraria e não teríamos essa confusão”
, disse João Luís. 

De acordo com o diretor, os presos recebem visitas nas sextas, sábados e domingo. O local está superlotado, pois tem limite para receber 200 presos, mas hoje contam com aproximadamente 380. 

O motim ocorreu nas alas A e B; apenas o C não foi depredado. “A situação está mais controlada agora, vamos fazer a contagem dos presos e os cálculos do prejuízo”, destacou o cabo.

Na manhã desta quinta, o governador Wellington Dias (PT) descartou aumento de salário para os agentes penitenciários, que estão em greve desde 11 de setembro.

Em entrevista ao PI TV 1ª edição, o governador informou que precisa conseguir dinheiro para pagar os servidores e fez um apelo para que os servidores voltem ao trabalho.

“Aumentos e melhorias é aumento de despesa em um momento em que eu estou tirando coisas do povo que é quem paga conta que é para poder não atrasar salário. Não é correto neste instante uma categoria que já teve aumento este ano, que já teve promoção, aumento nas despesas querer impor pela greve um novo reajuste”,
 disse Wellington Dias. 



Fonte: Florianonews

Compartilhar #

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comentarios "Detentos fazem rebelião por não aceitar restrições de visitas na Vereda Grande"

Postar um comentário