CURTA AGORA MESMO NOSSA PÁGINA

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Corregedoria do TSE determina afastamento do presidente do TRE-PI


O Ministro Corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jorge Mussi, determinou o afastamento do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), Francisco Antônio Paes Landim, até a diplomação, por conta do parentesco do seu irmão, José Francisco Paes Landim, candidato a deputado federal nas eleições gerais de 2018. A ação foi ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral.

O presidente chegou a dizer, em sessão no dia 07 de agosto, que o impedimento seria apenas para os processos em que seu irmão fosse interessado de alguma maneira. Afirmou, já em sua defesa no TSE, que “esse impedimento absoluto e genérico ainda criaria situação verdadeiramente surreal, em que o juiz ficaria afastado de sua atuação por quase 5 meses”.
Na decisão, o ministro disse que "não é demais acentuar que o exercício da Presidência de um Tribunal Eleitoral impõe a prática de ações e a adoção de providências que impactam direta e indiretamente todo o processo eleitoral, cuja integridade e lisura constituem imperativos a serem protegidos, em resguardo da absoluta isenção desta Justiça Especializada, bem jurídico maior tutelado pela norma".
Ainda de acordo com o ministro, só depois da diplomação dos eleitos, o presidente se afastaria somente para os eventuais feitos decorrentes do processo eleitoral que envolvam diretamente o seu irmão.
A decisão é de cumprimento imediato.


Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas

Final do Campeonato Guadalupe se de Futebol 2018.

Publicado por Francinaldo Publicidades em Domingo, 25 de novembro de 2018

Formatura dos Doutores do ABC da escola Alexandrino Mousinho.

Publicado por Francinaldo Publicidades em Domingo, 16 de dezembro de 2018

CONTATOS

CONTATOS