segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Parada da Diversidade: Pabllo Vittar substituirá cantor que chamou Jesus de 'travesti'


A Matizes Teresina publicou uma nota de esclarecimento nesta segunda-feira (13/08) informando que o cantor Johnny Hooker não fará mais o show de encerramento da 17ª Parada da Diversidade na capital, que aconteceria no dia 26 de agosto.

O motivo do cancelamento é de que algumas pessoas teriam ameaçado o cantor de 'dar uma surra', 'jogar pedras'.

O evento ainda acontecerá, mas foi alterado para o dia 2 de setembro e terá como atrações Pabllo Vittar, Chandelly Kidman, Bia e os Becks e Benício Ben.
SOBRE O CASO
 Johnny Hooker, virou polêmica por declarações em shows que geraram grande repercussão nas redes sociais. 
"Eu estou aqui hoje para dizer que Jesus é travesti sim! Jesus é transexual sim! Jesus é bicha sim  p*#&@", diz em um show.
"Ih, ih, ih, Jesus é travesti, eu quero ouvir p*#&@", completou.
As declarações e deram após o cancelamento da peça'O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu', por ter uma atriz transexual interprendo Cristo, como um travesto.
Johnny fez seu protesto e apoiou a atriz Renata Carvalho. O caso gerou muitos comentários contrários, principalmente de evangélicos.

Fonte: 180Graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais