terça-feira, 4 de setembro de 2018

Jesse James solicita criação de Restaurante Popular em Guadalupe


Durante a sessão realizada na noite desta segunda-feira 03/09, na câmara municipal de Guadalupe, o vereador Jesse James, apresentou o projeto de lei de sua autoria sobre a instalação de um restaurante popular para o Programa Prato Feito.
Vereador Jesse James

Em sua justificativa o vereador falou que o restaurante “Prato Feito” será coordenado pela Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social. O projeto busca oferecer à população de baixa renda refeições de qualidade a partir de um cardápio variado composto por arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa (geralmente uma fruta da época), totalizando, em média, 1200 calorias. A implantação do Restaurante “Prato Feito” no município de Guadalupe é de vital importância para essa população que necessita de auxílio para acesso a uma boa alimentação, com baixo custo (sugestão de R$ 2,00 (dois reais)), dentro das possibilidades de seus recursos financeiros. Na certeza de poder contar com o apoio para dar continuidade a um trabalho que tem como prioridade a saúde da população, atendendo as necessidades dos moradores de Guadalupe, pelo grande alcance da proposição ora apresentada, requeremos e contamos com a imprescindível atenção por parte da Senhora Prefeita Municipal de Guadalupe, para instalar uma unidade do Programa Prato Feito, permitindo e incentivando a satisfação, alimentação, saúde e bem-estar de todos. Por estas razões que apresento ao Plenário o presente Projeto de Lei e submeto o presente Projeto de Lei contando com o imprescindível apoio dos Vereadores para a sua aprovação.
O vereador somou-se as mulheres que estivem no plenário da câmara reivindicando seus direitos e respeito como mulheres.
Jesse, voltou a fazer duras críticas à gestão passada afirmando que comparar ex-gestão com a atual, é a mesma coisa que comparar Jesus com sabugo de milho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais