terça-feira, 4 de setembro de 2018

Mulher é presa acusada de matar marido para ficar com R$ 15 mil dele


Policiais civis do 22ºDP (Distrito Policial) em ação conjunta com o 3ºBPM (Batalhão da Polícia Militar), prenderam uma mulher, identificada como Eleni Carvalho do Vale, no Povoado Boa Hora, zona rural de Teresina. Eleni é acusada de envolvimento na morte do marido, Lino Honorato, vítima de latrocínio em 2015.

De acordo com informações do 22ºDP, Eleni foi presa devido a cumprimento de mandado de prisão expedido pela comarca de Esperantina, que condenou a mulher a 26 anos de prisão por envolvimento no crime que levou à morte do marido no município de Morro do Chapéu, região Norte do Piauí.
A investigação instaurada pela Polícia Civil de Esperantina constatou que Lino foi morto porque estaria em poder da quantia de R$ 15.000,00, sendo essa informação passada por Eleni a Benerval de Sousa Silva e ao seu irmão João Paulo Carvalho do Vale. O crime aconteceu em 2015 no comércio de propriedade da vítima em Morro do Chapéu.
Eleni teria passado a viver no povoado após o crime, onde usava um nome falso e já teria colocado a casa onde morava para vender, na intenção de ir embora. As investigações sobre os crimes cometidos por Benerval levaram ao paradeiro da acusada.
Dos dos acusados por envolvimento no crime, Benerval segue foragido. João Paulo, que é irmão de Eleni, estava preso e morreu ainda cumprindo pena. Eleni foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Teresina, para realização dos procedimentos legais cabíveis.

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja mais