CURTA AGORA MESMO NOSSA PÁGINA

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Governo assina empréstimo de US$ 44,9 milhões e garante investimentos para o Estado

O Governo do Piauí assinou, na terça-feira (22), o contrato da operação de crédito de US$ 44,9 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos serão destinados ao Projeto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Fiscal (Prodaf), buscando o aumento da eficiência na gestão fiscal e a oferta de melhores serviços aos cidadãos. O empréstimo foi aprovado pelo Senado Federal em dezembro do ano passado.

A operação de crédito tem o aval da União e só será liberada porque o Piauí está fora do Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (Cauc).  O Estado também cumpriu limites e condições – como o rating para capacidade de pagamento - para ter o aval. É o primeiro contrato assinado no novo mandato do governador Wellington Dias. 
“O Piauí vive uma situação financeira que precisa de providências urgentes no sentido de atingir o equilíbrio fiscal. Para se atingir essa meta, precisamos trabalhar fortemente a área da receita - algo que já vem sendo feito - e também a despesa, como controlar gastos, melhorar o fluxo de processos, sistema de compras, manutenção, enfim, o custeio geral. Para isso, o Piauí celebrou essa operação de crédito com o BID no sentido de conseguir recursos para investir na área fiscal do estado, tanto na receita como despesa”, explica o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles.
Segundo o superintendente de Gestão, Logística e Tecnologia da Sefaz, Cristovam Cruz,  além da Sefaz, os projetos envolvem outras áreas do governo. “Faz parte do projeto melhorar sistema de planejamento da Seplan, a questão da cobrança da dívida ativa junto à PGE; envolve a CGE na questão do controle dos gastos, além de recursos para melhorarmos o sistema de compras e de controle de pessoal, que fica a cargo da Seadprev. Todas essas entidades estão focadas nesse esforço de controlar gastos e melhorar as receitas do estado”, afirma o gestor.
“O próximo passo agora é a vinda do banco para a chamada missão de arranque, que é o início da execução dos projetos. Estamos trabalhando há um ano e meio e queremos executar pelo menos dois terços dos projetos até 31 de dezembro de 2019”, ressalta Cristovam.
Em relação à Sefaz, haverá melhorias na área da fiscalização com a aquisição veículos, no entanto, o maior investimento será na área de tecnologia.
“Hoje, tudo é digital e temos que acompanhar a tecnologia. Serão 37 milhões nessa área. Vamos capacitar servidores para essa nova realidade, além de obras, como a reforma dos postos fiscais, tornando-os mais automatizados”, finaliza o superintendente.

O BID é uma organização financeira internacional com o propósito de financiar projetos viáveis de desenvolvimento econômico, social e institucional e promover a integração comercial regional na área da América Latina e o Caribe.

Fonte: Site/ Governo Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Final do Campeonato Guadalupe se de Futebol 2018.

Publicado por Francinaldo Publicidades em Domingo, 25 de novembro de 2018

Missa na igreja Matriz de Nossa Senhora de Guadalupe. Celebrada pelo Padre Gilvan Dias, em 31/03/2019.

Publicado por Francinaldo Publicidades em Domingo, 31 de março de 2019
ÚLTIMA NOITE DE CARNAVAL Guadalupe

Um pouquinho de Novo Xodó, no corredor da folia.

Publicado por Francinaldo Publicidades em Quarta-feira, 6 de março de 2019

CONTATOS

CONTATOS