MASIGNCLEAN101

Homem mata enfermeira estrangulada e tenta fazer sexo com cadáver


Um homem tentou ter relações sexuais com o cadáver de uma enfermeira depois de matá-la por sentir ciúmes. Segundo informações do The Sun , Boh Soon Ho, de 51 anos, matou Zhang Huaxiang, de 28, após estrangulá-la com uma toalha de banho quando ela se recusou a dormir com ele. O caso aconteceu em Cingapura, na Ásia.

Ele ainda teria ficado furioso depois que a enfermeira lhe falou que estava saindo com outras pessoas. Durante seu julgamento, o homem disse que, após matá-la, tentou fazer sexo com o corpo, mas desistiu porque não se sentiu excitado. Ainda conta que ele tentou se afogar em um rio, mas mudou de ideia, pois a água estava “muito fedida”. 
Boh Soon Ho contou que só teve dois relacionamentos curtos. Ele se apaixonou por Zhang quando eles trabalhavam em uma cafeteria de um hotel enquanto ela estudava enfermagem. Certo dia, eles saíram para comer juntos e Ho disse que ele até a aconselhou sobre qual calcinha comprar, mas ela nunca correspondeu seus sentimentos. Ele disse que se sentiu traído quando ele passou a espioná-la e a viu saindo de seu apartamento com outro homem em março de 2016. 
Em determinada ocasião, Zhang aceitou almoçar na casa dele e o homem tentou fazer sexo com ela duas vezes. Ele a empurrou na cama e a beijou, mas ela avisou que morderia sua língua se ele persistisse. "Fiz tantas coisas por ela que não esperava que ela me tratasse dessa maneira", contou ao tribunal.
"Eu não tinha intenção de matá-la” 
Alegando que queria apenas assustá-la, ele colocou a toalha em volta do pescoço da mulher . “Eu estava muito, muito bravo. Estava suando e tremendo. Foi como se um fogo atingisse minha cabeça. Não pensei muito. Foi um momento de impulso. Eu não tinha intenção de matá-la”, diz.
“Eu só queria assustá-la. Eu não esperava que as coisas terminassem assim”, continua. Depois de cometer o crime, ele tirou fotos do corpo de Zhang e tentou fazer sexo com ela. Como não conseguiu, colocou a calcinha dela novamente e saiu para comprar uma mala para colocar seu corpo. Depois que voltou, não teve coragem de colocar o cadáver na mala. Então, pensou em cortá-la e jogar as partes do seu corpo em um rio. Esse plano também não foi em frente. 
Na manhã do dia seguinte, ele lhe disse “descanse em paz” e lhe deu um beijo de despedida ao deixá-la em sua cama. O homem foi preso logo depois após o corpo da enfermeira ser encontrado no dia seguinte. Caso seja condenado por assassinato, ele pode ser sentenciado à morte. O caso continua em andamento.
Com informações do meionorte.com

Açougue Dantas irá sortear R$ 500,00 em Dezembro

O Açougue Dantas, localizado no Mercado Público de Guadalupe, além de vender carnes de qualidade, com o menor preço e ainda nos cartões de ...

Mais vistas