MASIGNCLEAN101

No Piauí, explosão em usina de açúcar deixa um morto e dois feridos


Uma explosão por volta das 17h30 de terça-feira (12), deixou um homem morto e dois feridos na Usina de açúcar e álcool, Comvap, do Grupo Olho D’água, na cidade de União. Segundo informações de uma testemunha que estava no momento da tragédia, a pessoa morta seria um consultor que prestava serviços no local, mas ainda não temos a confirmação de sua identidade. 

Além dele, mais duas pessoas ficaram feridas por conta do vapor e tiveram queimaduras. Um eletricista, identificado como Cesar Carlos Mesquita, ainda chegou a tentar salvar a vítima fatal. As informações são do Clique União.
Os queimados, Ariosvaldo, engenheiro elétrico e César, o eletricista, foram levados para um Hospital de Teresina. A explosão teria sido causada pelo rompimento de uma válvula de pressão. O IML confirmou o chamado para o local ao Clique União e deslocaram-se para o recolhimento do corpo. Tentamos, também, contato com a assessoria do Grupo Olho D’Água e eles ainda não tinham conhecimento sobre o ocorrido.
Segundo o Comandante do 13º Batalhão da Policia Militar, Major Pessoa, responsável pela área, as primeiras informações são de que uma válvula de pressão rompeu e, por conta do vapor, o trabalhador teve morte ainda no local. A empresa não divulgou seu nome.
A Assessoria de Comunicação da empresa COMVAP confirmou o óbito e a a vítima seria um Consultor, de Recife, que estava prestando serviço para empresa. A empresa disse ainda que solicitou a presença da pericia criminal, IML, da Policia Militar e vai prestar toda assistência necessária.
Com a informação da Assessoria, fica confirmada que a vitima não era diretor da empresa como divulgado nas primeiras informações. Pessoas próximas a César, uma das vítimas levadas para o hospital, informaram que ele está internado em um hospital particular, em Teresina, com queimaduras no abdôme, está consciente, sem maiores riscos.
Uma pessoa que estava no momento da explosão, contou que a vítima fatal chama-se Flávio Veloso, aproximadamente 60 anos de idade, e foi atingido na cabeça por uma peça da máquina na casa de força da empresa, antes de ser morto pelo vapor.
Pessoas próximas a Ariosvaldo informaram que ele teve queimaduras nos braços, mãos e rosto. Por volta das 22hs, a empresa COMVAP divulgou nota de esclarecimento sobre o caso, confirmando as informações e lamentando o ocorrido. A nota diz, ainda, que as vítimas sobreviventes não correm riscos e que está prestando todos os esclarecimentos aos órgãos competentes.



Açougue Dantas irá sortear R$ 500,00 em Dezembro

O Açougue Dantas, localizado no Mercado Público de Guadalupe, além de vender carnes de qualidade, com o menor preço e ainda nos cartões de ...

Mais visitadas