MASIGNCLEAN101

Estudo aponta que Piauí poderá ter mais de 30 mil mortes pela Covid-19

Estudos desenvolvidos para estimar o impacto da Covid-19 na mortalidade no Brasil e utilizados como base de dados para o governo do estado mostram que, em um cenário mais pessimista, o Piauí pode chegar a ter mais de 33 mil óbitos pelo novo coronavírus, se o isolamento social não for respeitado pela população.
O prefeito Firmino Filho (PSDB), de Teresina, também comentou na tarde desta quinta-feira (2) durante uma coletiva de imprensa por videoconferência, as estimativas do número de mortes que o estado pode vir a ter.
Uma pesquisa utilizada como base para decisões do Governo do Piauí contou com a participação da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Fundação Oswaldo Cruz, em Mina Gerais. Vale lembrar que os números são projeções e que podem vir a mudar para mais ou menos. As projeções levam em conta o fato de a população ter um maior ou menor índice de isolamento social.
O número de pessoas mortas no Piauí, levando em consideração a aplicação da taxa de letalidade registrada na Itália, bastante alta, e a taxa de infecção de 50% da população, é de até 33,22 mil mortes em decorrência da Covid-19.
Tendo a mesma taxa de letalidade, mas com a infecção de 25% dos piauienses, haveria 16,6 mil mortes.Já se levar em conta a aplicação da taxa de letalidade registrada na China, uma das menores do mundo, e a taxa de infecção de 50% na população, o Piauí poderá ter 19,48 mil óbitos. Se 25% dos piauienses forem infectados nessas condições, as mortes são de 9,74 mil pessoas.

Com informações do Fala Piauí

Veja Mais

Fique em casa, nós levamos as notícias até você...