MASIGNCLEAN101

Vacina de Oxford para covid-19 é segura e funciona, dizem cientistas

Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, anunciaram nesta segunda-feira (20) que a vacina que desenvolve contra a covid-19 é segura e apresentou uma resposta imune em quem a testou. Os resultados são das duas primeiras fases dos testes de imunização - a terceira acontece agora inclusive no Brasil. O efeito deve ser reforçado com uma segunda dose da vacina, afirmam.

Os dados são de estudo publicado na revista científica The Lancet. O estudo foi randômico, com um grupo de controle que recebeu uma vacina contra meningite, e cego, com voluntários que não sabem qual medicamento receberam. Participaram 1.077 pessoas saudáveis.
A vacina, desenvolvida pela universidade em parceria com a biofarmacêutica anglo-sueca AstraZeneca, é uma das três opções que estão na fase três de testes, diz a Organização Mundial de Saúde (OMS).
O estudo aponta que a resposta imune chamada de célula T é produzida 14 dias após uma primeira dose e os anticorpos apareceram depois de 28 dias. A segunda dose aumenta a imunidade.
Os efeitos colaterais constatados foram pequenos e puderam ser reduzidos com os pacientes tomando paracetamol. Entre eles estão a fadiga (em 70% dos que tomaram a vacina contra a covid-19) e dores de cabeça (em 68% dos que tomaram). Outros efeitos incluem dores muscilares, calafrios e estado febril.
Outros estudos serão feitos, incluindo em grupos mais vulneráveis como idosos, para atestar a segurança. Apesar da criação da resposta imune, ainda é preciso descobrir se a vacina pode proteger de fato de uma infecção por coronavírus.
Fonte: www.correio24horas.com.br

Veja Mais

Fique em casa, nós levamos as notícias até você...