MASIGNCLEAN101

Agosto; Mês dedicado a Vocação Sacerdotal

O mês de agosto é dedicado ás vocações e a cada semana te convidamos a conhecer um pouco mais sobre cada uma delas.
Essa semana vamos conhecer a Vocação Sacerdotal esta vocação que desperta nos corações o chamado para servir a Igreja e conduzir o povo de Deus.

Muitos de nós ao acompanhar uma missa ou homilia já paramos para pensar na missão do sacerdote. No último domingo, a Igreja celebrou a vocação sacerdotal. O Papa Francisco define a vocação sacerdotal da seguinte maneira: “Ser sacerdote significa arriscar a vida pelo Senhor e pelos irmãos, carregando na própria carne as alegrias e angústias do povo, dedicando tempo e escuta para curar as feridas dos outros, oferecendo a todos a ternura do Pai”.
Ser padre é estar entregue ao próximo, à serviço do povo de Deus, a vocação para sacerdote não é mérito pessoal, mas um chamado de Cristo. É Ele quem escolhe os vocacionados e que os envia em missão. Pelo Nome de Deus, o sacerdote se coloca a serviço da comunidade cristã, na missão de acolher, perdoar, unir e motivar a vivência da fé.
Toda a vida do padre é serviço, é doação, entrega, é gratuidade. O padre não vive para si, mas em função da comunidade, do evangelho, de Cristo e do povo. A missão do padre é conduzir as pessoas ao encontro com Jesus. É ajudar as pessoas a libertarem-se do pecado e recolocá-las nos caminhos do bem.
Os padres são, ao mesmo tempo, preocupados com a humanidade e com as injustiças, e entusiasmados por Jesus Cristo. Os sacerdotes se dedicam a difundir o evangelho e a colocar os ensinamentos de Jesus em prática.
É difícil ser padre hoje, diante de uma sociedade materialista na qual o dinheiro, o poder, a fama e o prestígio são elementos que têm muita força de sedução, mas que se contrapõem aos valores cristãos. O convite de Jesus é este: “Quem quiser me seguir renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga”. Quem quiser seguir Jesus como padre tem que libertar-se de si mesmo e abraçar essa missão.
O padre é chamado a libertar-se de tudo que o prende, que o amarra ou o escraviza para, na liberdade, colocar-se a serviço do evangelho e do povo de Deus.
Fonte: Afipe / TV Pai Eterno
Secretariado Vocacional Redentorista

Veja Mais

Fique em casa, nós levamos as notícias até você...