Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O jornalista e presidente da Fundação Antares, Humberto Coelho, 60 anos, morreu no final da tarde deste sábado (5) após lutar por mais de 30 dias contra a Covid-19. 



Ele estava internado na UTI do hospital Prontomed desde o dia 1º de novembro. Humberto chegou a ser entubado e estava inconsciente. Recentemente foi diagnosticado com fibrose pulmonar e insuficiência renal, provocados pelo vírus. Hoje seu quadro de saúde piorou e não resistiu as complicações da doença. 

Durante todo o dia, familiares e amigos de Humberto Coelho realizaram corrente de oração pela saúde do jornalista. 

A morte de Humberto provoca uma comoção na rede social. Humberto é formado em comunicação, filosofia e teologia. Era um profissional defensor das rádios comunitárias, atuou por vários anos em Rádios da capital. 

Trabalhou na Rádio Pioneira de Teresina e lá iniciou o movimento de rádios comunitárias no Piauí. Foi um dos fundadores da rádio 1º de Maio, a primeira rádio comunitária de Teresina criada pelos trabalhadores.

Quando começou a trabalhar no governo em 2002 ajudou a fundar a Rádio Esperança FM. Foi o primeiro coordenador do departamento de políticas públicas para comunicação do Piauí, ligado a Coordenação de Comunicação do Estado. 

Desde 2015 é diretor da Fundação Antares. Humberto também é ligado à igreja Católica, foi sacerdote e deixou o sacerdócio para se casar. Ele era filiado ao PT e por duas vezes foi candidato a vereador de Teresina. Humberto é casado com a jornalista Ana Maria Costa, que é assessora de imprensa do governador Wellington Dias e deixa três filhos. 


Fonte: Cidadeverde.com

Post a Comment

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES FIM

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe