MASIGNCLEAN101

Quase três mil pessoas furaram a fila da vacina no Piauí

Um relatório emitido pelo Tribunal de Contados do Estado do Piauí identificou 2.778 pessoas suspeitas de furarem a fila da vacinação contra a Covid-19 no Piauí.  O  documento analisou a vacinação feita pela Fundação Municipal de Saúde no período de janeiro a abril de 2021.



De acordo com o relatório, 51% das pessoas que recebem a dose da vacina por fazerem parte do grupo prioritários de profissionais de saúde não possuem registro no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES). O relatório expõe ainda  que a FMS não possui critérios claros e objetivos para execução da vacinação e não obedeceu  parâmetros definidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19.

Além dos casos de “fura--fila”, o relatório do TCE aponta 4.093 casos de erros relacionados ao intervalo entre doses de vacina.

O relatório foi encaminhado ao Ministério Público do Piauí, ao Tribunal de Justiça do Piauí,  à Agência Nacional de Vigilância Sanitária e para os conselhos de Medicina (CRM), Fisioterapia (Crefito), de Psicologia (CRP) e Odontologia (CRO). Também foram comunicados a Prefeitura de Teresina e  Governo do Estado.


Com informações do meionorte.com


Postagens mais visitadas