Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A vacinação contra a gripe no estado do Piauí deverá iniciar na próxima segunda-feira (19), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). As 109 mil doses recebidas pelo estado serão distribuídas no fim de semana (17 e 18 de abril) e os municípios poderão iniciar a aplicação na segunda-feira.

Excepcionalmente este ano, pessoas com mais de 60 anos não serão o primeiro grupo a ser imunizado, para evitar conflito com a vacinação contra a Covid.

"Após a reunião nacional definiu-se que serão vacinadas primeiro as crianças de seis meses a cinco anos de idade; gestantes e puérperas (mulheres com filhos de até 45 dias), por não terem coincidência com a vacinação contra a Covid-19, seguindo a recomendação de não realizar as duas vacinas em um intervalo de tempo menor que 14 dias", disse Cristiane Moura Fé, Diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi.

 

O estado do Piauí recebeu 109.600 doses de vacina contra a gripe na segunda-feira (12). A Sesapi prevê que o estado receba 85.600 doses em uma segunda remessa, ainda sem previsão de data. Segundo levantamento do Ministério da Saúde, o estado do Piauí possui 261.813 crianças entre seis meses e cinco anos de idade; 35.948 gestantes e 5.909 puérperas.

A expectativa do Ministério é de que até o final da campanha o Piauí tenha 1.166.659 pessoas imunizadas contra a influenza. A vacina não tem eficácia contra o novo coronavírus e sim contra a gripe, doença respiratória causada pelo vírus influenza e que pode ser fatal.

Público alvo

O governo federal recomenda que as pessoas que fazem parte do grupo prioritário tomem primeiro a vacina contra a Covid-19 e depois a vacina contra a gripe. A recomendação é que haja um intervalo mínimo de 15 dias entre a aplicação das duas vacinas.

 

Em outros estados, segundo recomendação do Ministério da Saúde, a campanha já inicia nesta segunda-feira (12). A vacinação contra a gripe será dividida em grupos prioritários, conforme o Ministério, envolvendo os seguintes públicos: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos, professores e outros grupos.



Com informações do G1PI

Post a Comment

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES FIM

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe