Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A Polícia Civil de São Vicente, no litoral de São Paulo, prendeu nesta quinta-feira (9) um homem de 48 anos acusado de decepar o pênis de um colega, assassiná-lo e arrastar o corpo até uma praia em Itanhaém (SP). 

Segundo a polícia, o crime aconteceu no dia 28 de agosto. Até então, o suspeito era considerado foragido.


 
O corpo da vítima, de 56 anos, foi encontrado na areia da praia, no bairro Gaivota. De acordo com o G1, havia sinais de violência, uma facada entre o tórax e o pescoço e o pênis da vítima estava decepado. 
 
Equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) iniciaram as apurações e descobriram que o crime aconteceu em uma pousada. Em um dos quartos, em que o suspeito havia se hospedado, foram encontradas várias manchas de sangue. Os investigadores também encontraram o órgão genital da vítima dentro de uma panela.
 
Identificado, o acusado teve o pedido de prisão temporária acatado pela Justiça. Ele foi localizado e preso na casa dele, na Avenida Marquês de São Vicente.
 
Em depoimento, ele contou que teve uma discussão com a vítima no quarto da pousada. Os dois estavam sob efeito de cocaína e a vítima teria tentado ter relações sexuais com ele. Após recusar, o suspeito diz ter golpeado e matado o homem. Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele chegou a tentar limpar a cena do crime, mas não conseguiu. Acabou arrastando o corpo da vítima até a praia, fugindo logo em seguida.
 
As investigações também apontaram que o suspeito  já possui passagens pela polícia por diversos crimes, dentre eles, furto, roubo, receptação, ameaça e lesão corporal. Ele foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Peruíbe (SP).

Post a Comment

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES FIM

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe