Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Um adolescente de 16 anos foi preso na noite da última segunda-feira (25) momentos após matar os irmãos de 2 e 4 anos. Foi o que concluiu a investigação da Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) sobre o crime ocorrido em Maricá, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.



O jovem, que não teve a identidade revelada, asfixiou e ateou fogo nos irmãos caçulas Vicente e Valentim. Eles foram encontrados carbonizados pela mãe na residência da família.

Os agentes responsáveis pela investigação apuraram que o crime foi cometido após a mulher deixar a residência por volta das 20 horas, para ir ao mercado, e deixar os filhos mais jovens sob cuidados do mais velho.

O adolescente, então, teria esganado as duas crianças, antes de atear fogo nelas ainda vivas, com auxílio de álcool gel e panos de prato.

Quando voltou para casa, a mãe teria encontrado os filhos em chamas e correu para salvá-los, mas já não havia tempo. Eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local. O adolescente havia fugido e não estava em casa quando a mulher retornou, mas foi detido por vizinhos e teria, inclusive, sido agredido.

Ciúmes foi a motivação

Os agentes constataram que o adolescente agiu motivado por ciúmes da mãe com os irmãos mais novos e por um suposto ódio do padrasto, pai das crianças.

Segundo os policiais que apreenderam o jovem, ele não demonstrava nenhum arrependimento pelo crime.


Fonte: Fala Piauí

Post a Comment

PUBLICIDADES FIM

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe