Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) aponta que o Piauí chegou a 89,5% de ocupação de leitos de UTIs, um dos mais altos dos últimos meses. 

De acordo com o levantamento da Saúde, a situação é ainda mais crítica no interior que está com 98% dos leitos ocupados. 



Diante da alta de covid e síndromes gripais, o COE (Comitê de Operações Emergenciais) recomenda medidas como suspensão de eventos em todo o estado. 

De acordo com o levantamento da Sesapi, 10 hospitais estão com 100% de ocupação de leitos de UTI. Entre eles, os hospitais Tibério Nunes (Floriano), Deolindo Couto (Oeiras), Heda (Parnaíba), Justino Luz (Picos), Chagas Rodrigues (Piripiri), Monte Castelo (Teresina), Hospital Infantil Lucídio Portela (Teresina), Prontomed (Teresina) e hospitais privados. 

No estado, são 162 leitos de UTIs disponibilizados na rede e 145 já estão ocupados, tendo livres apenas 17 leitos. 

Na última sexta-feira, a Sesapi comunicou a suspensão de cirurgias eletivas e atendimentos ambulatoriais até o dia 11 de fevereiro, numa alternativa para desafogar os leitos. 

O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, informou que agora em fevereiro o governo federal vai cortar 25 leitos de UTIs do Piauí. A Sesapi busca recursos para os 142 leitos mantidos pelo Ministério da Saúde.   

Recentemente, mais 87 leitos de UTIs foram criadas em todo o Piauí. 

No interior, a prefeitura de Picos publicou novo decreto suspendendo festas em ambientes fechados, como bares e restaurantes. 
Essa semana, o governo do estado vai publicar novo decreto com restrições, devido a elevação da taxa de transmissão. 

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe