Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O Piauí já tem 127 municípios com casos de dengue, segundo dados do boletim da 13ª Semana Epidemiológica de 2022, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Piauí (Sesapi). Em 2021, nesse mesmo período, apenas 49 municípios haviam notificados casos, um aumento de 159%.



O Piauí, assim como muitos estados brasileiros, enfrenta uma epidemia da doença. O mosquito Aedes aegypit, é responsável pela transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Somente em relação aos casos confirmados, o aumento é de 489,3%. Isso porque neste ano já foram confirmados 1.780 casos, enquanto no mesmo período, no ano de 2021, era 384 casos. Apesar desses dados, a Sesapi, informou que o número de casos prováveis, até a 13ª Semana Epidemiológica de 2022, na verdade seria de 2.876, já que muitos não são notificados.

A cidade de Teresina já registrou 2 óbitos, e segundo o boletim, foram registrados 33 casos da doença com sinais de alarme na capital, ou seja, que apresentaram maiores complicações da doença, como por exemplo, vômito persistente, dor abdominal intensa, sangramentos de mucosas, dor no fígado e queda de pressão. Logo depois aparece Campo Maior (7) e Parnaíba (4), entre as cidades onde a dengue apareceu com sinais de alarme.

As cidades com os maiores números de casos de dengue são: Teresina (424), Campo Maior (227), São Pedro do Piauí (197), Curimatá (166) e Piracuruca (107). 

Já os cinco municípios com maior incidência, levando em consideração a quantidade de casos a cada 100 mil habitantes são: Curimatá, São Pedro do Piauí, Antônio Almeida, Santa Filomena e Novo Santo Antônio.

Febre Chikungunya

Além da dengue, o Piauí também está registrando um aumento nos casos de Chikungunya que aumentaram em 3.009,5% em comparação ao mesmo período do ano passado, que teve 21 casos, enquanto neste ano já são 279. Apesar dos dados, a Sesapi acredita que pode chegara 621 casos prováveis, levando em consideração os que podem não ter sido notificados.

No ano passado, nesse mesmo período, 11 municípios já tinham notificados casos da doença, e neste ano já são 42. As cidades com maior incidência para 100 mil habitantes são: São Pedro, Oeiras, São Julião, Curralinhos, Alagoinhas do Piauí e Simplício Mendes.

Medidas

Na quinta-feira (7), a Sesapi informou que definiu um plano emergencial para combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, que está provocando um surto de dengue e Chikungunya no estado. 

Foram estabelecidas algumas medidas, que deverão ser adotadas pelos municípios e a Sesapi, como o objetivo de reduzir os casos, como: borrifação de locais com o alto índice de infestação do mosquito, o monitoramento in loco dos municípios que estão sem atualização dos dados no sistema, ajuste junto aos profissionais de saúde com relação ao diagnóstico/seguimentos das doenças e atualização do plano de contingência 2022/2023.

Como combater a dengue:

  • não deixe água acumulada sobre a laje;
  • jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias etc;
  • guardar garrafas, para retorno ou reciclagem, emborcadas e em local em que não acumulem água;
  • colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada;
  • não jogar lixo em terrenos baldios;
  • manter o saco de lixo bem fechado e fora do alcance dos animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana;
  • manter a caixa d’água completamente fechada para impedir que vire criadouro do mosquito;
  • manter bem tampados tonéis e barris d’água;
  • encher de areia até a borda os pratinhos dos vasos de planta ou lavá-los com escova, água e sabão semanalmente;
  • lavar semanalmente por dentro, com escova e sabão, os tanques utilizados para armazenar água;
  • remover folhas e galhos e tudo o que possa impedir a passagem da água pelas calhas;
  • se você tiver vasos de plantas aquáticas, trocar a água e lavar o vaso, principalmente por dentro, com escova, água e sabão, pelo menos, uma vez por semana;
  • lavar semanalmente, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios utilizados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes, baldes etc.

 

Bárbara Rodrigues
redacao@cidadeverde.com

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe