Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A vítima foi morta com um tiro ao não parar em barreira policial

O juiz Noé Pacheco de Carvalho, titular da 1ª Vara da Comarca de Floriano, mandou soltar o tenente da Polícia Militar do Piauí, Hélio Avelino Cardoso, acusado de matar o motociclista Agno Santos Vieira, de 21 anos. O crime ocorreu em 12 de março em Floriano, região Sul do Piauí. Ele teve a prisão preventiva decretada pela justiça em 14 de março.

A vítima foi alvejada com um tiro após passar em uma barreira policial na PI 140 e não obedecer a ordem de parada dos policiais. Agno participava de uma prova de motocross e estava pilotando uma moto com circulação proibida em BR’s.



O Ministério Público do Piauí (MPPI) foi instado a se manifestar acerca do pedido de revogação de prisão preventiva do autuado, na qual opinou pela concessão de liberdade provisória com medidas cautelares. Na decisão, obtida pelo A10+, o magistrado destacou que o acusado possui condições pessoais e favoráveis para ter direito à soltura.

"As circunstâncias que norteiam o crime em tela e a constatação de que o autuado possui condições pessoais favoráveis (endereço certo, ocupação lícita e primariedade), mesmo não sendo garantidoras de eventual direito à soltura, merecem ser devidamente valoradas, quando demonstrada possibilidade de substituição da prisão por cautelares diversas, proporcionais, adequadas e suficientes ao fim a que se propõem", detalhou.

Conforme decisão, Hélio Avelino Cardoso não poderá se ausentar de Floriano sem autorização judicial. O acusado deverá comunicar ao juiz, caso mude de endereço residencial. Ele também deverá comparecer a todos os atos do processo para os quais for intimado.

Durante o processo, o tenente não poderá voltar as suas atividades operacionais, devendo atuar somente nos serviços administrativos junto à Unidade em que serve (3° Batalhão da Polícia Militar) de Floriano.

Relembre o caso

Agno Santos, de 21 anos foi morto na tarde de sábado (12) por disparos de arma de fogo, após passar em uma barreira policial na PI 140, na cidade de Floriano, e não obedecer a ordem de parada dos policiais.

De acordo com populares, Agno participava de uma prova de motocross e estava pilotando uma moto com circulação proibida em BR’s.

Segundo a PM, Agno recebeu orientação, através de gestos, par

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe