Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Presidente do diretório do PSD no Piauí, o deputado Júlio César revela otimismo em relação à chapa proporcional do partido no estado. Na avaliação do parlamentar, a sigla pode fazer até quatro das dez vagas em disputa para a Câmara Federal nas eleições de 2022.



"Temos uma chance muito grande de eleger três e olhe lá. se brincar, dentro da projeção que nós temos do crescimento de cada um, não afasto a possibilidade, que é muito difícil”, disse o dirigente partidário em entrevista ao Jornal do Piauí nesta quinta-feira (28). 

O entusiasmo de Júlio César leva em consideração o fortalecimento do PSD no estado ao término da janela partidária. Atualmente a agremiação conta com 30% da atual bancada federal piauiense, com as recentes filiações de Marcos Aurélio e Fábio Abreu. 

“Temos os números e a avaliação de cada pré-candidato. Vamos lançar o número máximo de candidatos, quatro mulheres e sete homens. Temos quatro muito competitivos, três deputados federais de mandato”, explicou o mandatário estadual do PSD. 

Nacional

Durante a entrevista, Júlio César comentou o desejo do PSD de ter candidatura própria à presidência da República. Embora tenha articulado o lançamento do presidente do Senado, Rodrigo Pachêco, a estratégia não se consolidou no cenário político.

Para o piauiense, pesou contra o mineiro o baixo desempenho nas consultas de intenção de voto. “Acho que o que contribuiu para a desistência dele foi a avaliação nas pesquisas, que estava muito baixa”, pontuou. 

O partido também tentou a filiação do ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para disputa do cargo presidencial, mas não obteve êxito. A tendência é que o PSD libere os diretórios estaduais para a eleição majoritária nacional.


Breno Moreno (Com informações do Jornal do Piauí)
redacao@cidadeverde.com

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe