Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A Polícia Civil e Conselho Tutelar de José de Freitas, estão investigando um suposto caso de infanticídio praticado por uma adolescente de 17 anos dentro de um banheiro do hospital local Nossa Senhora do Livramento, fato ocorrido por volta das 00h30min desta quarta-feira (13/04), após a jovem procurar atendimento médico naquela casa de saúde se queixando de dores abdominais. As informações são do Revista Opinião



A menor chegou no hospital por volta das 23h, e durante o atendimento ela teria escondido do médico plantonista que estaria grávida, baseado nos próprios relatos da paciente que se queixava de dores foi então passado uma medição. Antes mesmo de ser medicada a menor teria entrado em um banheiro do hospital e realizado o trabalho de parto.

Desconfiados da atitude da menor, os plantonistas resolveram averiguar o local, e encontraram o banheiro ensanguentado e a recém nascida já sem vida dentro da caixa d’água de descarga do vaso sanitário. Após a constatação do fato a própria equipe do hospital acionou uma guarnição da Polícia Militar e o Conselho Tutelar para acompanhar o caso por entender que se tratava de um caso grave de infanticídio, ou seja, morte do filho provocada pela mãe por ocasião do parto ou durante o estado puerperal.

 

O Sargento da Polícia Militar Luz do 16° BPM, contou que ao chegar no hospital se deparou com a ocorrência de uma recém-nascida morta dentro da caixa de descarga do vaso sanitário do banheiro. O militar disse ainda, que no momento não teve como conduzir a mãe da criança para a Central de Flagrantes em Teresina, pois a mesma estava em estado puerperal e precisava de atendimento médico, porém realizou todos procedimentos cabíveis na forma da Lei.

Os conselheiros do Conselho Tutelar de José de Freitas, Pedro Paulo e Menezes informaram que o crime praticado pela jovem é um fato grave, e todos os levamentos apontam para morte após parto e ocultação do corpo da criança, os conselheiros informaram ainda que ela deve ser apreendida e autuada em flagrante pela morte do próprio bebê do sexo feminino.

A diretora do hospital contou que a jovem omitiu todas as perguntas feitas pelo médico, inclusive antes mesmo de realizar uma ultrassom a jovem entrou no banheiro e sem pedir ajuda praticou tal fato. Todos os procedimentos foram realizados conforme necessitou, foi acionado a Polícia, Conselho Tutelar, Instituto Médico Legal (IML) e Perícia.

A jovem permanece internada no próprio hospital recebendo atendimento médico. O corpo foi encaminhado pelo o IML para Teresina.  Explicou a diretora enfermeira Socorro Silva. A adolescente é oriunda da zona rural de José de Freitas e estava na cidade para estudar. A recém nascida tinha aproximadamente 8 meses e estava toda formada.


Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe