Francinaldo Publicidades - Guadalupe


Cerca de 75 famílias de uma ocupação localizada no bairro Planalto Uruguai, na zona Leste de Teresina, protestam desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira(24) contra uma ação de reintegração de posse no local. A Polícia Militar foi acionada e houve confronto em alguns momentos.

Os moradores queimaram pneus e galhos de árvores e fecharam ruas nas proximidades para tentar impedir a ação de despejo e o avanço da tropa de choque da Polícia Militar.

O local ocupado, nomeado como Mirante do Uruguai pelos moradores, é uma área pública da Prefeitura de Teresina. Segundo Leonardo Bezerra, um dos ocupantes, as famílias estão no local desde setembro do ano passado. 

“Nós estamos desde 27 de setembro ocupando a área, pessoas que vieram dessa pandemia, pessoas que não tem mais condições de pagar aluguel e morar em casas porque não tem emprego, pessoas que vêm de casas de favores e detectaram essa de Prefeitura, adentramos e estamos residindo aqui”, contou.

O major Jamsom Lima, do Centro de Gerenciamento de Crises e Direitos Humanos da Polícia Militar, informou que as equipes tentam intermediar o diálogo com os moradores da ocupação para tentar evitar um confronto maior. 

“A Policial Militar está há dez dias tentando fazer contato, estamos aqui há mais de cinco horas, a princípio a Polícia Militar vai desobstruir a rua e passar para que o oficial de justiça cumpra o direito”, ressaltou o major.  

De acordo com o gerente de Direitos Humanos da Semcaspi, André Santos, a Prefeitura já realizou uma série de conversas com os ocupantes, mas sem sucesso. O gerente afirma que a decisão judicial de reintegração de posse vai ser cumprida. 

“Há mais de quatro meses a gente vem conversando com eles. Foram feitas seis rodadas de conversas com o município, foi dado ações paliativas para que eles pudesse se retirar do local, mas infelizmente não foi obtido êxito em nenhuma. Então, saiu uma decisão judicial e aqui nós estamos para acompanhar a decisão judicial e só aguardar o desfecho através da Policia Militar que vai cumprir, vai ser cumprido”, afirma André Santos.

 

 


Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe