Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Promotor de Justiça de São Pedro do Piauí, Nielsen Silva Mendes Lima, atuou nessa segunda-feira (23/05), em mais uma sessão do Tribunal Popular do Júri. O trabalho do órgão do Ministério Público do Piauí, no julgamento de ontem, resultou na condenação de José Roberto Barbosa Soares pelo feminicídio de Ana Francisca Pereira da Silva (triplamente qualificado) e a tentativa de feminicídio de Lucilene da Silva Sousa (duplamente qualificada).



O réu foi condenado a 22 anos, 09 meses e 11 dias de reclusão. José Roberto cumprirá a pena em regime fechado, no presídio de Floriano.

O Conselho de Sentença acatou integralmente todas as teses apresentadas pelo Ministério Público, de feminicídio e tentativa de feminicídio, por motivo fútil, uso de meio que impossibilitou ou dificultou a defesa das vítimas. O feminicídio é uma qualificadora aplicada ao crime de homicídio, quando esse é cometido contra a mulher por razões da condição do gênero feminino, que é caracterizado pelo menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

O trabalho do Ministério Público contou com o apoio do advogado João Cardoso, que atuou como assistente de acusação. 

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe