Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A polícia de São Paulo prendeu na tarde desta segunda-feira (16) Paulo Cupertino, acusado pelos assassinatos do ator Rafael Miguel e de sua família.



Cupertino foi detido no Jardim Miriam, zona sul de São Paulo (SP), no 98º DP, e está sendo encaminhado ao Palácio da Polícia, na região central da capital paulista.

As informações foram confirmadas por uma fonte do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) à Record TV. Cupertino estava foragido há quase três anos, pela morte de Rafael Miguel e sua família, em 9 de junho de 2019.

O último paradeiro dele do qual se tinha notícia havia sido a a cidade de Yataity del Norte, no Paraguai, em dezembro de 2020, quando foi reconhecido em uma fazenda de soja.

De acordo com o Ministério Público (MP), o empresário assassinou a família porque não aceitava o namoro de Isabela Tibcherani, a sua filha de 18 anos à época, com o artista. Vídeos gravados por câmeras de segurança mostram o momento em que ele atira 13 vezes em Rafael, que tinha 22 anos, e nos pais do ator: João Alcisio Miguel, de 52, e a mãe Miriam Selma Miguel, 50. 

Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. Ele, que atualmente tem 50 anos, nunca constituiu um advogado para defendê-lo. Além do empresário, dois amigos dele são réus no mesmo caso por terem ajudado o assassino a fugir.

*Colaborou Yara Bastos, da Record TV

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe