Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O ministério da Saúde informou, nesta segunda-feira (30/05), que investiga dois casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil, nos estados de Santa Catarina e do Ceará. A pasta afirmou que esta em contato com os estados "para apoiar no monitoramento e ações de vigilância em saúde".



Um terceiro possível caso, no Rio Grande do Sul, também foi notificado. Em nota, a secretaria municipal da Saúde de Porto Alegre informou que recebeu contato de um profissional de saúde para notificar a suspeita. "Atendendo ao fluxo da Rede Cievs, a informação foi remetida à Sala de Situação Monkeypox do Ministério da Saúde, órgão responsável pela investigação. A Diretoria de Vigilância em Saúde e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde seguem acompanhando o caso junto ao Ministério da Saúde", diz o texto.

O possível infectado é um homem que chegou de Portugal ao país no último dia 10 de maio. Nesta segunda-feira (30/05), ele deve passar por mais uma consulta e coleta de material para que sejam feitos os exames.

Até o momento, 257 casos de varíola dos macacos foram notificados em 20 países considerados não endêmicos, enquanto outras 120 infecções permanecem sendo investigadas. A região com maior número de ocorrências é composta por países europeus, onde pode estar havendo algum grau de transmissão comunitária.

A varíola dos macacos é um tipo de varíola, considerada uma doença rara. Os sintomas iniciais são semelhantes a uma gripe, como febre, exaustão e dor de cabeça. Infectados pela doença também apresentam erupção na pele, rosto e corpo.


Fonte: Fala Piauí

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe