Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O polêmico julgamento envolvendo Johnny Depp e Amber Heard chegou ao fim nesta quarta-feira (1º). Após o júri decidir pela condenação da atriz por difamação contra o ex-marido — ele pedia 50 milhões de dólares e vai receber 15, o equivalente a R$ 71,8 milhões —, Depp também foi considerado culpado.



Isso porque, após ser processada pelo astro de Hollywood, a atriz também entrou com uma ação na Justiça contra Depp. O ator de Piratas do Caribe foi condenado em uma das três acusações e vai ter de pagar 2 milhões de dólares de indenização à atriz, cerca de R$ 9,5 milhões.


Diante do veredito do júri, Amber se pronunciou nas redes sociais e lamentou a decisão. "Estou ainda mais desapontada com o que esse veredito significa para mulheres. É um passo para trás. Ele nos leva de volta para um tempo quando as mulheres que se rebelavam poderiam ser publicamente humilhadas. Ele nos leva de volta para a ideia de que violência contra a mulher não é para ser levada a sério", desabafou a artista.


Relembre o caso

Johnny Depp processou Heard pedindo 50 milhões de dólares e argumentando que ela o difamou quando se autodenominou "uma figura pública representando o abuso doméstico" em um artigo de opinião em jornal.

Heard, de 36, contra-atacou com pedido de 100 milhões de dólares, dizendo que Depp a difamou quando seu advogado classificou suas acusações de "farsa".

Depp recusou ter agredido Heard ou qualquer outra mulher e disse ser ela a pessoa que havia se tornado violenta na relação. Depp e Heard se conheceram em 2011 enquanto filmavam Diário de um Jornalista Bêbado e se casaram em 2015. O divórcio foi finalizado cerca de dois anos depois.

 


Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe