Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A Universidade Federal do Piauí infirmou nesta terça-feira (31) que também sofrerá com o bloqueio nos repasses feitos pelo governo federal. Segundo a instituição, cerca de 14,5% do orçamento será bloqueado, representando uma redução de R$ 15 milhões no orçamento geral.



Segundo a nota enviada pela instituição, os valores que não serão mais repassados era para as manutenções diárias como para pagamento de gastos com água, energia elétrica, bolsas de assistência estudantil, funcionamento dos restaurantes, manutenção predial e de equipamentos, passagens e diárias, entre outros itens.

"A Instituição espera que o referido bloqueio seja temporário, ou seja, caracterize-se como uma suspensão do desembolso financeiro, que poderá ser revertida como em anos anteriores", disse a UFPI em nota.

Outro fator apontado pela instituição é de que ela só poderá honrar com os compromissos de pagamento até o mês de setembro deste ano. "Caso permaneça o citado bloqueio até o mês de setembro, enfrentará dificuldades para honrar compromissos contratuais", informou.



IFPI também sofre bloqueio de R$ 10 milhões

O Instituto Federal do Piauí (IFPI) emitiu uma nota na tarde desta segunda-feira (30). No comunicado, a reitoria informou a preocupação com o bloqueio de 14,5% do orçamento feito pelo Governo Federal.

"O bloqueio no orçamento do IFPI é da ordem de R$ 10 milhões, em recursos destinados ao funcionamento  da  instituição, afetando diretamente contratos de água, energia, limpeza, vigilância, cozinha entre outros", informou a reitoria.

O reitor do IFPI, Paulo Borges da Cunha, fez um apelo aos parlamentares da bancada federal para orçamento que seja feito outro planejamento pelo Ministério da Educação (MEC) às Instituições de Ensino Federais, em especial, as do Estado do Piauí. Ele também comentou que não foi informado sobre o corte e que a instituição só terá orçamento até setembro. "Se eles não mudarem de ideia e debloquearem, vai comprometer os meses de outubro, novembro e dezembro", disse.

"Ressaltamos que o IFPI é uma Instituição secular que tem prestado grande serviço promovendo uma educação de excelência, e, sobretudo, levando educação, arte, cultura e possibilidades de uma vida melhor para jovens e adultos de todas as classes sociais e de todo o Piauí", pontou a nota dada pela instituição.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) esclarece que o valor relativo ao bloqueio orçamentário de 14,5%, anunciado pelo governo federal, das verbas para universidades federais corresponde ao montante de R$ 15.523.717,00 no orçamento dessa Instituição. O valor se destina a despesas de custeio, com uso discricionário, para pagamento de gastos com água, energia elétrica, bolsas de assistência estudantil, funcionamento dos restaurantes, manutenção predial e de equipamentos, passagens e diárias, entre outros itens.

A Instituição espera que o referido bloqueio seja temporário, ou seja, caracterize-se como uma suspensão do desembolso financeiro, que poderá ser revertida como em anos anteriores.

A Administração Superior também está adotando estratégias para garantir as atividades essenciais até a liberação do valor bloqueado, mas preocupa-se com a magnitude da quantia em questão e, caso permaneça o citado bloqueio até o mês de setembro, enfrentará dificuldades para honrar compromissos contratuais.

A UFPI, em conjunto com a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e parlamentares da bancada federal, está atuando para que a referida situação seja normalizada o quanto antes em prol da segura continuidade das ações pertinentes à Universidade.

Reafirma, ainda, seu empenho em continuar trabalhando para a manutenção da qualidade dos serviços e atividades prestadas no âmbito da Instituição.


Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe