Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Estudantes desenvolvem forno de baixo custo à base de energia térmica do sol no Piauí.

Estudantes do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) desenvolveram um forno à base de energia térmica diretamente do sol. O projeto, que está em desenvolvimento há 8 meses, tem sido testado com o preparo de alimentos disponíveis na cesta básica do brasileiro. As informações são do Cidades na Net.



De acordo com Riquelme Santos, estudante de 20 anos e um dos responsáveis pelo projeto, a ideia surgiu após as constantes altas no preço do gás de cozinha no país. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do botijão de gás de 13 quilos é de R$ 120 no Piauí.

Segundo o professor e orientador do grupo, Juan Aguiar, a ideia é de que o forno fique disponível para populações de baixa renda, comunidades mais afastadas que não tenham acesso ou condições financeiras de adquirir o gás de cozinha.

“A partir do momento que nós iniciamos a pesquisa pra poder desenvolver uma solução mais barata ao cozimento de alimentos, a gente priorizou itens da cesta básica, porque a ideia é ter uma solução barata, prática e que seja de uma fonte abundante: o sol. Esse fogão tem que ser acessível e barato”, explicou o professor.

De acordo com o professor, o princípio básico para o funcionamento do protótipo é o mesmo causado pelo efeito estufa. O forno é uma câmara de armazenamento de energia térmica, onde o equipamento capta os raios solares para dentro do forno e esquenta o alimento.

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe