Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Segundo delegada, mulher confessou crime após prisão neste sábado (27) e disse ter matado crianças asfixiadas ou enforcadas há mais de 10 dias. Corpos estavam em apartamento onde família morava.


Uma mulher de 31 anos foi presa neste sábado (27) suspeita de matar os filhos de três e 10 anos dentro de um apartamento em Guarapuava, na região central do Paraná. Os corpos das crianças foram encontrados em cima da cama do imóvel.

A Polícia Civil chegou até o local após um advogado de Santa Catarina acionar as autoridades.

À RPC, a delegada responsável pelo caso, Ana Hass, afirmou que a mulher confessou o crime e que disse ter matado as crianças há cerca de 15 dias. Ainda de acordo com a responsável, o menino de três anos teria sido morto asfixiado com um travesseiro e a menina teria recebido um calmante da mãe e depois sido enforcada com um cordão.

"Ela disse ter entrado em espécie de surto há cerca de 15 dias. Colocou a data de 13 de agosto como data inicial dos fatos e que teria acabado matando os filhos por asfixia ou enforcamento. Vamos esperar o laudo policial para ver se confirma. Ela falou que havia tentado se matar por várias vezes", disse.

Segundo a polícia, uma perícia está sendo realizado no local. A corporação também aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML) das crianças e da própria suspeita para analisar as supostas autolesões.

"Ela citou que estava deveras cansada, não aguentava mais cuidar das crianças. O pai da menina já é falecido, e disse que pai do mais novinho não acompanhava a criação", explicou a delegada.

A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de ocultação de cadáver e fraude processual. Ela também deve responder por homicídio.

 


FONTE: GazetaWeb

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe