Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Uma menina de 5 anos morreu e será enterrada nesta terça-feira (23), na cidade de Catalão (GO). Ana Clara Magioto Gonçalves foi baleada na cabeça na sexta-feira (19). Segundo as investigações, a criança estava em casa e foi usada como escudo humano por um primo, que seria o alvo dos disparos.



A irmã da menina, uma adolescente de 15 anos, também foi atingida na região do abdômen e segue internada. Ela passou por cirurgia no Hospital de Urgências de Goiânia, mas não corre risco de morte. Segundo a unidade, o estado de saúde dela é estável e ela respira sem o auxílio de aparelhos.

Devido à gravidade do ferimento, Ana Clara também foi transferida para Goiânia. Ela estava internada no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, onde morreu nesta segunda (22), no final da manhã.

O UOL procurou a Polícia Civil sobre o andamento das investigações acerca do caso após a morte da criança, mas a assessoria da corporação informou que não há informações no momento.

O crime aconteceu no Bairro Evelina Nour. De acordo com a Polícia Militar, quatro suspeitos chegaram em duas motos e atiraram quando avistaram o primo das vítimas, que usou as meninas para se proteger. Ele não foi atingido e conseguiu fugir pelo telhado.

A corporação acredita que o alvo dos disparos teria uma rivalidade com os suspeitos por pertencerem a grupos criminosos rivais.

Dois suspeitos foram presos pela PM horas após o crime e uma moto foi apreendida. Eles não tiveram a identidade informada. Os demais suspeitos seguem foragidos.

DELEGADO: PRIMO TERIA LIGAÇÃO COM FACÇÃO

Segundo o delegado Marcos Vinicius Júnior, do 1º Distrito Policial de Catalão, o laudo pericial vai confirmar se o primo usou as meninas como escudo.
"Foi realizada uma perícia no local e vamos aguardar o resultado, mas esse é o relato das testemunhas e de um dos autores presos. A intenção é finalizar o inquérito até o fim dessa semana e encaminhá-lo ao judiciário", disse ele, ao UOL.

"O que sabemos é que esse primo estava em outra cidade [antes de ir para Catalão] e que ele tem ligação com grupos criminosos, por isso, ele também é investigado", disse o delegado.

De acordo com as investigações, quando os suspeitos chegaram o portão da casa estava aberto e eles já entraram atirando, e fugiram em seguida.

'COVARDIA', DIZ PRIMA DA VÍTIMA

O corpo de Ana Clara foi enterrado no Cemitério São Pedro sob muita revolta e comoção da família.

Izabel Cristina, prima da vítima, disse que o sentimento é de tristeza e cobrou justiça.

"Fizeram uma covardia com uma criança que tinha uma vida pela frente". 


FONTE: 180Graus

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe