Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) está investigando casos suspeitos de varíola dos macacos em 20 municípios do estado. A lista das cidades está disponível no painel epidemiológico da Monkeypox, no site da Sesapi. Teresina lidera o ranking com 30 casos suspeitos. Destes, 5 já foram descartados e 2 confirmados.



Em seguida vem Parnaíba com 8 suspeitos, sendo 3 casos descartados e 1 confirmado. A cidade de Cajueiro da Praia segue com 4 casos suspeitos, de acordo com o painel epidemiológico.

Campo Maior e Novo Santo Antônio registraram 2 casos suspeitos cada. As demais cidades da lista (veja abaixo) estão com 1 caso em investigação cada.

  • Agricolândia (1)
  • Boa Hora (1)
  • Buriti dos Lopes (1)
  • Cajueiro da Praia (4)
  • Campo Maior (2)
  • Cristino Castro (1)
  • Matias Olimpio (1)
  • Monsenhor Hipólito (1)
  • Novo Santo Antonio (2)
  • Parnaíba (8) - descartado 3 e confirmado 1
  • Patos do Piauí (1 provável)
  • Pedro II (1)
  • PIcos (1)
  • Piracuruca (1)
  • Piripiri (1)
  • Santa Luz (1)
  • São Pedro do Piauí (1)
  • São Raimundo Nonato (1)
  • Simões (1)
  • Teresina (30) - 1 provável, 5 descartados, 2 confirmados

Notificações no Piauí

Em todo o Piauí já foram notificados 89 casos da doença, destes 65 são considerados suspeitos, sendo 4 foram confirmados até o momento. Todos os pacientes são do sexo masculino e residem nas cidades de Teresina, Batalha e Parnaíba. 

Os sinais e sintomas, em geral, incluem:

  • Erupções cutânea ou lesões de pele
  • Adenomegalia - Linfonodos inchados (ínguas)
  • Febre
  • Dores no corpo
  • Dor de cabeça
  • Calafrio
  • Fraqueza

O intervalo de tempo entre o primeiro contato com o vírus até o início dos sinais e sintomas da monkeypox (período de incubação) é tipicamente de 3 a 16 dias, mas pode chegar a 21 dias.

Após a manifestação de sintomas como erupções na pele, o período em que as crostas desaparecem, a pessoa doente deixa de transmitir o vírus a outras pessoas. As erupções na pele geralmente começam dentro de um a três dias após o início da febre, mas às vezes, podem aparecer antes da febre. As lesões podem ser planas ou levemente elevadas, preenchidas com líquido claro ou amarelado, podendo formar crostas, que secam e caem.

O número de lesões em uma pessoa pode variar de algumas a milhares de lesões. As erupções tendem a se concentrar no rosto, na palma das mãos e planta dos pés, mas podem ocorrer em qualquer parte do corpo, inclusive na boca, olhos, órgãos genitais e no ânus.

Hérlon Moraes (Com informações do MS)
redacao@cidadeverde.com

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe