Francinaldo Publicidades - Guadalupe

O governador eleito, Rafael Fonteles (PT), estuda a possibilidade de mexer em pelo menos seis deputados estaduais na formatação do novo governo. 



Entre os parlamentares cotados para assumir uma pasta está o coronel Carlos Augusto (MDB), que foi reeleito, e poderá comandar a Secretaria Estadual de Justiça. Com a saída de Carlos Augusto, quem seria convocada é a suplente Simone Pereira (MDB), que poderá ser chamada para assumir uma pasta na área social.  

O deputado Fábio Novo, que foi reeleito, pode deixar o comando da Cultura para liderar a pasta do Turismo. Com isso Warton Lacerda, presidente do Altos, volta a assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Fábio Xavier (PT), que foi reeleito, também deverá ser contemplado com alguma pasta. Outros nomes petistas cotados para o primeiro escalão são o de Hélio Isaias e Janainna Marques, que foram reeleitos deputados. 

O governador aponta como pastas inegociáveis as Secretarias de Segurança, Educação e Saúde. 

Rafael Fonteles defende uma equipe técnica, mas algumas pastas terão nomes com viés político para atender os partidos. Mesmo nesses casos que envolvem negociação com os partidos, o governador eleito quer um perfil de alguém familiarizado com a área.

O juiz titular do Trabalho de Picos, Washington Bandeira, é um provável nome que poderá assumir uma pasta. Bandeira é presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho do Piauí e participou da elaboração do plano de governo de Rafael Fonteles. No entanto, para Washington Bandeira assumir uma pasta no governo terá que renunciar o cargo de juiz. 

O cientista político Washington Bonfim (Cidadania), que também participou da elaboração do plano de governo de Rafael é nome cotado para ser titular de uma pasta na área de planejamento.  

Rafael Fonteles tem deixado claro que só vai iniciar as negociações com os partidos para definição do secretariado após o segundo turno das eleições. O foco agora é eleger Lula presidente da República. O governador eleito também anunciará somente na próxima semana, a equipe de transição que deverá ser comandada pelo secretário Estadual de Fazenda, Antonio Luiz e Chico Lucas, que coordenou a campanha eleitoral de Rafael e base aliada. 

Yala Sena e Elivaldo Barbosa
redacao@cidadeverde.com

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe