Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Dois policiais militares morreram na madrugada deste domingo (16) após a viatura em que estavam ser alvejada por uma sequência de tiros em Cariacica, no Espírito Santo, a 16 quilômetros da capital, Vitória. Dois casais, suspeitos de praticar o crime, foram presos.

Segundo o boletim de ocorrência, os soldados Bruno Mayer Ferrani, 30, e Paulo Eduardo Oliveira Celini, 29, perseguiam criminosos que haviam roubado um carro, um Fox branco, quando foram abordados a tiros ao entrarem na rua Manoel Freire, no bairro Santa Bárbara.

Câmeras de segurança registraram o momento em que a viatura entra na rua, com os faróis altos, giroflex e sirene ligados, e faz uma curva, desaparecendo do vídeo. Momentos depois, se ouvem os sons de muitos tiros disparados. Testemunhas relataram à polícia que os militares teriam sido baleados dentro do carro da PM, atingido por mais de 10 tiros.

Segundo a SESP-ES (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social), os policiais realizavam o acompanhamento a um veículo, suspeito de envolvimento em um roubo, quando, nas proximidades do bairro Santa Barbara, em Cariacica, dois ocupantes do veículo desembarcaram e se renderam.

"Ao se aproximarem, os militares foram surpreendidos por outros dois criminosos, um homem e uma mulher, que estavam escondidos atrás de um caminhão estacionado. Um desses indivíduos atirou contra os policiais, que foram atingidos e chegaram a receber socorro, mas vieram a óbito no hospital", explicou o órgão, em nota encaminhada à imprensa.

Suspeitos presos pela manhã

Os quatro suspeitos de envolvimento no assassinato dos dois soldados foram presos na manhã deste domingo, horas depois do crime. Em entrevista coletiva na tarde de hoje, o tenente-coronel Schulz, comandante do 7º Batalhão da PM, deu detalhes do caso e, segundo ele, os detidos eram dois casais.

Um desses casais foi preso pouco tempo após o crime na rodovia Leste-Oeste, que liga os municípios de Vila Velha e Cariacica. O outro casal, suspeito de ter atirado nos policiais, estava escondido em um motel no bairro Campo Grande, em Cariacica.

Com eles foram encontradas a arma usada no crime, uma pistola 9 milímetros, e também as armas dos policiais, roubadas logo após a ocorrência.


FONTE: 180GRAUS

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe