Francinaldo Publicidades - Guadalupe

A travesti Maurício Pereira da Silva, mais conhecida como Carla, de 48 anos, foi encontrada morta dentro de casa no Residencial Eduardo Costa, Zona Sul de Teresina, neste sábado (5). De acordo com a Polícia Militar, o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, que encontra-se foragido.



Segundo o tenente Lima, do 17º Batalhão da Polícia Militar, a travesti foi morta com golpes de picareta enquanto dormia. A arma utilizada estava no fundo da casa.

"A vítima foi encontrada morta em cima da cama, coberto por um lençol. Já a picareta com manchas de sangue estava no quintal, onde o suspeito começou a cavar um buraco e desistiu por conta da chuva", disse.

 

Conforme a polícia, a vítima era cabeleireira e morava no residencial há três anos. A Polícia Militar informou que foi acionada por volta das 10h30, mas somente a tarde a perícia chegou ao local do crime.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).


Com informações do G1PI

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe
Francinaldo Publicidades - Guadalupe