Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Uma mulher de 71 anos foi torturada e morta pelo filho, de 34 anos, dentro da própria casa, na cidade de Pirapozinho, no interior de São Paulo. O suspeito, segundo a polícia, teria registrado as agressões pelo celular.



Horas antes de morrer, Maura Garcia conseguiu mandar uma mensagem de áudio em que pedia socorro à irmã, Izabel Garcia Batista.

Depois de receber o áudio, Izabel foi até a casa de Maura e a encontrou bastante machucada. "Ela era uma pessoa muito querida por todo mundo. Era uma pessoa muito maravilhosa", disse, sobre a irmã. Ao Balanço Geral, ela afirmou que o sobrinho estava dentro do imóvel, sem reação.

Quando a polícia chegou à casa de Maura, o jovem ficou muito nervoso e tentou esconder o celular, pois durante o crime ele teria usado o próprio aparelho para fazer fotos e vídeos das agressões. O homem teria usado uma furadeira para matar a mãe após tê-la torturado. 

A Polícia Civil considera a possibilidade de que o suspeito estivesse sob o efeito de algum entorpecente, devido à brutalidade das agressões e ao fato de que ele não possuía passagem pela polícia. 

O suspeito está internado no Hospital Regional de Presidente Prudente após ter tentado o suicídio, mas foi preso em flagrante e vai responder pelos crimes cometidos contra a mãe. 

FONTE: 180GRAUS

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

CLIQUE NA IMAGEM E SAÍBA MAIS

clique na imagem e você será direcionado para nosso instagram