Francinaldo Publicidades - Guadalupe

Uma mulher foi assassinada enquanto liberava o corpo de um familiar no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba (PR). A vítima foi surpreendida pelos atiradores e sequer teve chance de defesa diante do ataque.  

Dois suspeitos se aproximaram do local e efetuaram os disparos. A mulher estava acompanhada do marido e o pânico tomou conta de quem estava no IML curitibano.  

A vítima estava sentada, esperando a liberação do corpo da mãe do marido. Na tentativa de escapar, ela caiu para a parte de dentro do balcão e foi executada com tiro na cabeça. Segundo a guarda municipal, um primeiro criminoso fez todos os disparos possíveis, enquanto o outro entrou para cometer a execução. 

O serviço funerário da capital paranaense fica a poucos metros da Guarda Municipal. Os agentes viram os bandidos correndo, mas não conseguiu alcançá-los. A dupla fugiu de carro. No total, foram 13 disparos. 

Conforme a Guarda, o homem que acompanhava a vítima tem passagem por participação por homicídio, descumprimento de medida protetiva e porte de drogas. A mulher não possui registros criminais. 


FONTE: 180GRAUS

Post a Comment

Grupo Ramos

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

PUBLICIDADES

Francinaldo Publicidades - Guadalupe

CLIQUE NA IMAGEM E SAÍBA MAIS

clique na imagem e você será direcionado para nosso instagram